Águas do Gandarela

Movimento em prol da criação do Parque Nacional das Águas do Gandarela

apresentação do autor: João Oliveira Gomes, que não pode concluir sua leitura na Audiência pública de Raposos.

AUDIÊNCIA PÚBLICA- RAPOSOS MG.

                                   CRIAÇÃO DO PARQUE NACIONAL SERRA DA GANDARELA  -  INSTITUTO CHICO MENDES

                                Eu João Oliveira Gomes, nascido e criado em Raposos, autor do livro e do vídeo

“Memórias do Povo de Raposos”, atualmente escrevi  também “Histórias do alto Rio das Velhas,”

Obra ainda não publicada.

                             Por ocasião da publicação da 1ª obra, percorri por meses a pé quase 100 quilômetros, filmando e fotografando a periferia de Raposos, por isso conheço bem toda a região que vai desde Sabará até Rio Acima!

                            Em 1867, o inglês Richard Burton, percorreu o Rio das Velhas de Sabará ao oceano Atlântico, e o trajeto que mais o impressionou foi próximo a Sabará, relatado no livro “Viagem de Canoa de Sabará ao Oceano Atlântico”.

                          Em 1711,  o padre Antonil, escreveu o livro “Cultura e Opulência do Brasil por suas Drogas e Minas,  livro este  ficou exposto à venda apenas 14 dias nas livrarias de Lisboa em Portugal,  sendo logo confiscados e queimados todos os exemplares por ordem da coroa portuguesa, porque ele revelava a localização exata das minas e do ouro encontrado no Rio das Velhas.

                         Por si só e pela sua importância histórica, o Rio das Velhas deve e tem que ser preservado, mas o ouro hoje é outro, 70% de toda a água potável consumida em B. Horizonte e em toda a região metropolitana vem deste rio , e uma grande parte desta água,  nasce justamente na Serra da Gandarela,  entre Raposos e Rio Acima,  vindo cair pela margem direita do rio, na E.T.A. (Estação de Tratamento de Água) no Bairro Bela Fama em Nova Lima. O Sistema de capação de água no Rio das Velhas produz atualmente, aproximadamente 6.000  l/s de água tratada, enquanto os outros sistemas que estão mais longe e também abastecem B. Horizonte, produzem 4.100 l/s o Rio Manso e 3.200 o Sistema Serra Azul.

                         Raposos já teve amargas experiências com outra mineração que atuou no seu município por quase 200 anos, só deixando aos seus habitantes uma herança maldita de buracos, viúvas e silicose.

                        Há pouco tempo, sem querer remexer muito no passado, na região de São Sebastião das Águas claras, conhecido popularmente por nós como Macacos, no município de Nova Lima, uma barragem de rejeitos se rompeu, quase aniquilando com o turismo no povoado  os dejetos vieram a contaminar nosso Rio das Velhas.

                      Amigos e conterrâneos, antes da M.B.R. construir a barragem que existe acima da Pedrinha no Ribeirão da Prata levando água para “lavar minério”,  na época dos trens subúrbios, Raposos recebia mais de 20.000 banhistas/dia,  nos finais de semana e feriados,  conforme comprovamos,  contando passagens na estação central  para matéria de Jornalzinhos que circulavam na cidade.  Os banhistas compravam tudo que haviam nos restaurantes,  bares e sorveterias da cidade, e muitos Raposenses criaram suas famílias vendendo sanduíches e bebidas em suas barraquinhas improvisadas no Ribeirão da Prata. Quero lembrar  ainda que na lei Orgânica Municipal,  promulgada em 18 de março de 1990,  em seu artigo  211,  estão incluídas como área de preservação a Igreja Matriz de N.S. da Conceição, a Capela de N. S. do Rosário com bens tombados e criaram  as reservas ecológicas nas  nascentes,  principalmente a do Ribeirão da Prata e do Córrego Olaria.

                       Hoje vemos com tristeza uma mineradora querer construir uma gigantesca barragem de rejeitos exatamente a  montante deste ribeirão, e de outras nascentes que caem no Rio das Velhas,  algumas estão neste vídeo e neste livro (mostrar os dois) que serão repassados aos senhores diretores do Instituto Chico Mendes, que poderão ver por estas imagens, um pouco do muito que certamente será destruído, com a construção desta barragem.  Além de várias nascentes desaparecerem, as que não sumirem certamente ficarão contaminadas, perderemos os sítios arqueológicos, as casas de pedras e currais feitos por escravos no período colonial, tudo irá por água abaixo, matando para sempre a vocação de Raposos que é a de cidade Balneário!

                      Senhores diretores do Instituto Chico Mendes:  Promotores, autoridades municipais estaduais e Federais, só há uma solução para se evitar este desastre que é a construção desta Mina Apolo, é a criação de uma área de preservação em nossa região.  Com a criação do PARQUE NACIONAL DA SERRA DA GANDARELA,   não só Raposos, mas todos os outros municípios como Caeté,  Rio Acima, Santa Bárbara, Barão de Cocais, Nova Lima, Itabirito e Belo Horizonte serão beneficiados com a exploração racional das águas e do ecoturismo.   Preservar nossa fauna e flora e ainda as  águas , é uma obrigação de nossas consciências  para com nossos filhos e netos, o que diremos a eles quando souberem que está faltando água em nossas casas, porque deixamos  uma mineração acabar  com as nascentes do Rio das Velhas e não fizemos nada para evitar este grave acontecimento, a história nos cobrará esta fatura por nossa omissão e com certeza,  não será fácil pagar esta conta.

                      Se vocês não puderem fazer nada pela região de Raposos, vamos pelo menos seguir o exemplo do ilustre deputado Tarcísio Delgado no seu livro “Caminhos e Atalhos para o poder que disse  um momento de indignação:  “Que não se faça nada por Raposos, que não façam escolas, que não construam pontes, que não façam estadas, que não dêem empregos, mas que também não tirem as águas,

VOCÊS NÃO TÊM ESTE DIREITO DE LEVAR A ÁGUA. ...

                                                                              João Oliveira Gomes

                                                                             Autor de Memórias do Povo de Raposos.

Exibições: 210

Comentar

Você precisa ser um membro de Águas do Gandarela para adicionar comentários!

Entrar em Águas do Gandarela

NÃO TEMOS NADA A VER COM O INSTITUTO GANDARELA

Jornal O GANDARELA

Leia, divulgue, baixe o arquivo completo do JORNAL 4 - Janeiro/2014:

 O GANDARELA nº4 .pdf

Nosso agradecimento pelo apoio do Fundo Socioambiental CASA para a edição deste jornal, assim como do JORNAL  nº 3.

LEIA TAMBÉM:

Jornal O Gandarela 1

Jornal O Gandarela 2

Jornal O Gandarela 3

Abaixo-Assinado

Você também pode fazer parte deste movimento!

Imprima o recolha assinaturas e envie o documento para a sede do Projeto Manuelzão:
Av. Alfredo Balena, 190 - Sala 813
Bairro Santa Efigênia
Belo Horizonte - MG - CEP 30.130-090

Seminário UFMG sobre o Gandarela e Caraça

VEJA OS VIDEOS DO SEMINÁRIO.

http://seminariogandarela.blogspot.com/

Últimas atividades

Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

PARQUE NACIONAL CRIADO NÃO PROTEGE A SERRA E AS ÁGUAS DO GANDARELA O Parque Nacional da Serra do Gandarela foi criado pela Presidência da República, com área de 31 mil hectares, conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU) de 14 de outubro de 2014. A criação de um Parque Nacional geralmente é motivo para comemoração, mas infelizmente neste caso não temos muito a festejar…

Ver mais...
Facebook19 horas atrás · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

A Presidente Dilma acabou de criar o Parque Nacional da Serra do Gandarela, mas não respeitou o pedido de uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) feito por comunidades de Santa Bárbara e Barão de Cocais, resultado do processo de criação e das consultas públicas da nova Unidade de Conservação. Pior: parte da área que deveria ser RDS ficou dentro do Parque Nacional criado e vai impedir as atividades que sustentaram…

Ver mais...
Facebook20 horas atrás · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

Gandarela = Aquífero Depoimentos, imagens e animações explicam a importância da Serra do Gandarela como aquífero para BH e região e a relação entre água e mineração. São 10 minutos que fazem sentido no atual contexto de grave falta de água. Assista ao vídeo, diga se gostou e compartilhe!

Aquífero: do Latim "aqua" +…

Ver mais...
Facebookontem · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

Em baixa, rio das Velhas é ‘alimentado’ por represa particular

www.hojeemdia.com.br

O baixo nível do rio das Velhas, responsável por 40% do fornecimento de água na Grande BH, lança um alerta sobre o abastecimento das cidades da região. A estiagem dos últimos meses reduziu a…

Ver mais...
Facebookontem · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

Estreia hoje o vídeo Aquífero: do Latim "aqua" + "ferre" no canal TV Gandarela no Youtube. Direção: Bernardo Vaz Qual é a nossa escolha? Permitir a mineração ou garantir o abastecimento de água da terceira maior região metropolitana do Brasil? Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=fT4MRQ6HK4s

Aquífero: do Latim…

Ver mais...
Facebookontem · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

RECURSOS FEDERAIS PARA REVITALIZAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CAEM 70% A revitalização ficou só na promessa: Série do EM mostra que investimento em preservação encolheu, enquanto verba para retirar recursos hídricos da bacia cresceu 47% “Em 2006, o presidente Lula garantiu que, para cada real gasto na transposição do Rio São Francisco, um real seria investido em revitalização.…

Ver mais...
Facebookterça-feira · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

O principal sistema de abastecimento de água para Belo Horizonte e parte da Região Metropolitana de BH é o Sistema Rio das Velhas, que usa uma única captação, localizada em Bela Fama, município de Nova Lima. Este sistema não usa regularmente lagoas de regularização de vazão, pela simples razão de que os reservatórios que armazenam água para mais de dois milhões de pessoas são as…

Ver mais...
Facebookterça-feira · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

No sábado (18) aconteceu a primeira oficina na Estação Gandarela, na rodoviária em Rio Acima: "Bordando a Serra do Gandarela", com Helena Flávia, que contou com a presença de moradora de Rio Acima e da equipe de professores, funcionários e família da Escola Verde Vida, de Belo Horizonte.…

Ver mais...
Facebooksegunda-feira · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

O recém-criado Parque Nacional da Serra do Gandarela sofre com incêndios dentro e fora de seus limites. Visitantes relatam grande foco de incêndio na área conhecida como Espingarda Queimada, nas proximidades de Vigário da Vara, município de Santa Bárbara. O fogo está se alastrando para o interior do sinclinal Gandarela, onde está a segunda maior mancha contínua de mata atlântica de Minas Gerais, com mais de 20 mil ha…

Ver mais...
Facebooksegunda-feira · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

A exclusão da área protegida pelo Parque Nacional da Serra do Gandarela de parte de seus mais importantes atributos, para atender aos interesses das empresas de mineração, compromete sua integridade futura e pode impactar irreversivelmente a segurança hídrica de uma população de mais de dois milhões de pessoas. Saibam mais e ajudem a defender a Gandarela SEM MINERAÇÃO em www.aguasdogandarela.org (copiando…

Ver mais...
Facebooksegunda-feira · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

"Parque criado pelo governo federal em Minas Gerais não garante a preservação integral da Serra do Gandarela, o que compromete o abastecimento de água de Belo Horizonte e região. Conheça a história da Serra do Gandarela, sua biodiversidade, seu potencial hídrico, os riscos que a permissão para a atividade mineradora na região pode provocar e toda a mobilização de ambientalistas e comunidades pela…

Ver mais...
Facebookdomingo · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

A Presidente Dilma acabou de criar o Parque Nacional da Serra do Gandarela, mas deixou de fora o trecho mais significativo da Serra do Gandarela, no qual estão a maioria dos atributos que levaram a sociedade civil a lutar, há 7 anos, pela sua preservação. Ficaram de fora algumas das mais importantes nascentes e boa parte da bacia do Ribeirão da Prata, que compromete o principal curso de água da região da Serra do Gandarela, vital para o…

Ver mais...
Facebookdomingo · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

O recém-criado Parque Nacional da Serra do Gandarela sofre com incêndios dentro e fora de seus limites. Visitantes relatam grande foco de incêndio na área conhecida como Espingarda Queimada, nas proximidades de Vigário da Vara, município de Santa Bárbara. O fogo está se alastrando para o interior do sinclinal Gandarela, onde está a segunda maior mancha contínua de mata atlântica de Minas Gerais, com mais de 20 mil ha…

Ver mais...
Facebookdomingo · Responder
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

Ontem, sábado (18), aconteceu a primeira oficina na Estação Gandarela, na rodoviária em Rio Acima: "Bordando a Serra do Gandarela", com Helena Flávia, que contou com a presença de moradora de Rio Acima e da equipe de professores, funcionários e família da Escola Verde Vida, de Belo Horizonte. O espaço foi inaugurado em 21 de setembro e já tem recebido visitantes que escutaram a rádio comunitária…

Ver mais...
Facebookdomingo · Responder
Luiz Carlos CândidoCândido é agora um membro de Águas do Gandarela
domingo
Ícone do perfilSalvem a Serra do Gandarela via Facebook
Miniatura

(...) "o decreto deixou de fora “patrimônio biológico, geológico, espeleológico e hidrológico associado às formações de canga do Quadrilátero Ferrífero, incluindo os campos rupestres e os remanescentes de floresta semi-decidual, as áreas de recarga de aquíferos e o conjunto cênico constituído por serras, platôs, vegetação natural, rios e cachoeiras”,…

Ver mais...
Facebooksábado · Responder

Mensagens de blog

Circuito Águas do Gandarela

Circuito Águas do Gandarela



O projeto “Circuito Águas do Gandarela: preservação, turismo, trabalho e renda” foi realizado pelo Movimento Artístico Cultural e Ambiental de Caeté (MACACA), que integra e contou com o…

Continuar

Postado por Pedro de Filippis em 26 março 2014 às 22:20

HORAÇÃO AMBIENTAL

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉUS

PRESERVADAS SEJAM NOSSAS MONTANHAS

NÃO LEVE DE NÓS O MEIO AMBIENTE

ASSIM DE MINAS GERAIS, COMO DO BRASIL.

O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ…

Continuar

Postado por CARLOS ALBERTO ANTUNES DO CARMO em 10 janeiro 2013 às 23:47 — 2 Comentários

S.O.S MONTANHA$ E ÁGUA$ DE MINA$ GERAI$

SE EU ME CALAR AS MONTANHAS GRITARÃO!!!!!!!!

SALVE O POVO DE MINAS!!!!!!!

300... ANOS DE HISTÓRIAS

MINAS É OURO, É TESOURO

MINAS É MONTANHA

É HISTÓRIA É MEMÓRIA

NO MEIO DA GENTE

PASSADO PRESENTE…

Continuar

Postado por CARLOS ALBERTO ANTUNES DO CARMO em 10 janeiro 2013 às 0:45 — 1 Comentário

A GANANCIA ESTA DESTRUINDO O BRASIL.

 SENHOR …

Continuar

Postado por Eula olimpio em 14 dezembro 2012 às 13:09

QUESTÃO POLÍTICA

O DNPM produziu o MAPA PREPARADO SOBRE OS AUSPÍCIOS DO PROGRAMA DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASIL-ESTADOS UNIDOS, de 1962 [Arquivo Público Mineiro - link para visualização <…

Continuar

Postado por José Bizzotto Ramos em 6 setembro 2012 às 10:11 — 2 Comentários

Vamos salvar o nosso planeta da ganância financeira

Olá Pessoal?!

Vamos salvar o nosso planeta da ganância financeira? O homem na ânsia do progresso esqueceu-se do verde, do respeito pela natureza, pelas gerações futuras e também pela sua própria sobrevivência. Será que num futuro bem…

Continuar

Postado por Rosilene de Lima Campolina em 23 junho 2012 às 17:45

Deixe o pouquinho que sobrou prá nós.

 

Deixo aqui o meu protesto pela desenfreada devastação que mineradoras estão fazendo na região de Acurui, municipio de Itabirito MG. A agressão covarde e desenfreada já passou dos limites.

Deixem o pouquinho que sobrou prá…

Continuar

Postado por Aurelio Carlos Sena e Silva em 29 maio 2012 às 12:34

Audiência pública em Raposos

 

Foi realmente uma vergonha para nós Raposenses ouvir as baboseiras do nosso "secretário de meio ambiente e dos paus-mandados que estavam do lado direito da platéia defendendo o empreendimento da vale e entregando nosso Ribeirão da Prata.…

Continuar

Postado por João Oliveira Gomes em 9 maio 2012 às 2:12

Grupos

Águas do Gandarela é uma rede social

© 2014   Criado por Augusto Barros.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço