Águas do Gandarela

Movimento em prol da criação do Parque Nacional das Águas do Gandarela

Entenda o Caso

PROTEJA A SERRA DO GANDARELA!

A serra do Gandarela é uma área que abriga o manancial mais significativo para abastecimento público de água pura para toda BH, região e colar metropolitanos (à exceção dos mananciais de Catarina e Morro Redondo, em
bem menor quantidade, as demais já sofrem problemas de contaminação, e as represas estão sendo paulatinamente assoreadas).



Documento do IEF, “Identificação de áreas prioritárias para implantação de Áreas Protegidas e

Corredores Ecológicos do setor Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte”(RMBH) – contratado à Sere Meio Ambiente Ltda. e à Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda), registra a seguinte descrição sobre a Serra do Gandarela:

 

"Trata-se de uma ampla região com baixa ocupação antrópica, havendo extensos e diversos ambientes naturais preservados. Concentra-se neste Setor um grande número de cursos d’água contribuintes da margem direita
do rio das Velhas, representando significativo volume de água utilizado no abastecimento da população da Região Metropolita na de Belo Horizonte. Esta água é captada pela Copasa na ETA de Bela Fama e é considerada a fonte mais importante de abastecimento da RMBH, captada na bacia do rio das  Velhas."


 

No referido documento, faz-se ainda a seguinte afirmação sobre a Serra do Gandarela:

 

"Nesta região estão os principais contribuintes da margem direita do rio das Velhas a montante da captação de Bela Fama, um dos principais pontos de captação de água da região metropolitana de BeloHorizonte. A  preservação desta região é a garantia de manutenção deste importante manancial hídrico."

Clik na imagem para ver grande:



É neste complexo de serras e águas que a empresa Vale planeja instalar a mina Apolo, que ficaria localizada entre os municípios de Santa Bárbara, Caeté, Rio Acima e Raposos.

 

Esses locais, por suas cachoeiras e riquezas naturais, complexa e bem preservada biodiversidade (campos  rupestres sobre cangas e a maior área de Mata Atlântica da RMBH), têm atraído, de forma crescente, o turismo espontâneo de finais de semana e a atenção da comunidade científica e preservacionista.

 

Iniciativas e atividades compatíveis com o desenvolvimento sustentável e a preservação das características da região vêm sendo motivadas e criadas, com o crescimento do número de visitantes, de pousadas, restaurantes,
produção e comercialização de artesanato e produtos agro-familiares locais, e outras atividades relacionadas ao ecoturismo e ao complexo cultural e arqueológico ali existente.

 

A grande beleza paisagística, altas declividades, grutas e várias quedas d'água, um sítio paleontológico, campos rupestres, matas de galeria e densa área de Mata Atlântica no platô da Serra do Gandarela, todos
muito preservados e guardando animais de várias espécies e portes, muitos dos quais em vias de extinção, fazem da Serra do Gandarela um local de inestimável importância.


 


O Gandarela é também uma área natural mediterrânea entre vários núcleos históricos significativos do período do ouro, a exemplo de Caeté, com seu histórico distrito de Morro Vermelho, de Santa Bárbara e caminhos que levam a Catas Altas, Ouro Preto, Raposos e Rio Acima, além de ruínas de instalações antigas de minas, casas-forte entre diversas outras instalações.

 

Algumas cachoeiras são muito conhecidas - a de Santo Antônio, entre Caeté e Raposos, a do Índio e Vianna (em Rio Acima), a da Chica Dona (na divisa de Rio Acima e Itabirito, as do Tangará, em Rio Acima e as de André do Mato Dentro (Santa Bárbara).


Alguns destes córregos e ribeirões (todos nascem nas faldas da Serra do Gandarela), como o Ribeirão da Prata, os córregos Mingu, Viana, Cortesia e Palmital/Água Limpa (Rio Acima), Maquiné, Gandarela e Maria Cassimira (Caeté e Santa Bárbara) dispõem de grande número de pequenas quedas, poços e cachoeiras – alguns dos quais, de rara beleza. E todas elas, com grande qualidade ambiental e águas das classes Especial e 1, as melhores.


Em Santa Bárbara e Rio Acima, há também, no interior da Serra do Gandarela um importante sítio paleontológico, considerado de importância mundial - com fósseis de vegetação que ocorreu na região entre 10 a 40 milhões de anos passados.  A maior parte dele está no território de Santa Bárbara e é protegida por
tombamento municipal (Conjunto Natural, Paisagístico e Paleontológico - Bacia do Gandarela).

 

A população de Raposos tem, como principal bem e potencial de lazer e turismo da cidade, o Ribeirão da Prata, que possui grande quantidade de água, cachoeiras e um paredão de rocha formando um canyon deslumbrante.


 

É nas cabeceiras deste ribeirão, poucos metros acima da cachoeira de Santo Antônio, que a Vale planeja fazer a barragem de rejeitos da pretendida Mina Apolo e despejar o esgoto "tratado" do alojamento para mais de 2000 homens.  

Diante da importância ecológica, cultural e hídrica desta região, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pelas unidades de conservação, recebeu em 2009 a  proposta e está avaliando a criação do Parque Nacional Águas da Serra do Gandarela.


  A criação do parque é considerada de grande importância, seja pelo patrimônio natural e cultural existente, como pelo fato de o Brasil não dispor de nenhuma unidade federal de destaque, reunindo campos rupestres sobre cangas ferruginosas no contexto do bioma Mata Atlântica.

 

Este assunto tem sido motivo de grande discussão nas ruas, faculdades, escolas, além do apoio de várias ongs, movimentos sociais e ambientais.


NÃO TEMOS NADA A VER COM O INSTITUTO GANDARELA

Jornal O GANDARELA

Leia, divulgue, baixe o arquivo completo do JORNAL 4 - Janeiro/2014:

 O GANDARELA nº4 .pdf

Nosso agradecimento pelo apoio do Fundo Socioambiental CASA para a edição deste jornal, assim como do JORNAL  nº 3.

Abaixo-Assinado

Seminário UFMG sobre o Gandarela e Caraça

VEJA OS VIDEOS DO SEMINÁRIO.

http://seminariogandarela.blogspot.com/

Últimas atividades

MARISA OLIVEIRA DE SILVA e Ênio Gonçalves Gouvêa agora são amigos
19 Jul
Maurílio Nogueira postou um evento
Miniatura

CARA OU COROU - exposição em Museu Mineiro – Galeria Exposições Temporárias e Sala Multiuso

16 julho 2015 às 10 a 19 agosto 2015 às 19
Cara ou Coroa, nova exposição do desenhista José Octavio Cavalcanti, será inaugurada no dia 19 de maio, na Galeria de Exposições Temporárias e na Sala Multiuso do Museu Mineiro, integrando a programação da 13ª Semana de Museus.  Natural de Belo Horizonte, José Octavio Cavalcanti usa a técnica de grafite sobre papel ou sobre longos…Ver mais...
16 Jul
Álvaro Gonçalves Dias Júnior é agora um membro de Águas do Gandarela
8 Jul
MARISA OLIVEIRA DE SILVA é agora um membro de Águas do Gandarela
17 Jun
susan é agora um membro de Águas do Gandarela
16 Jun
Rodrigo Barsante de Almeida é agora um membro de Águas do Gandarela
11 Jun
Simone Dias Machado é agora um membro de Águas do Gandarela
5 Jun
Clara Albert é agora um membro de Águas do Gandarela
30 Maio
Rogério Cardoso da silva é agora um membro de Águas do Gandarela
25 Maio
Débora Maria da Silva postou uma discussão

Trabalho sobre a Serra do Gandarela

Olá!Sou aluna do curso de Engenharia Ambiental na Funcesi em Itabira, mais moro em Barão de Cocais região de intensa atuação do setor minerário, estou realizando um trabalho voltado para analisar a percepção da população com a criação do PARNA Serra do Gandarela e avaliar os impactos da mineração na região.Estou precisando de arquivos para pesquisa para me basear e fundamentar meu trabalho.Obrigada pela atenção e apoio.Ver mais...
24 Maio
Débora Maria da Silva é agora um membro de Águas do Gandarela
24 Maio
Ênio Gonçalves Gouvêa postou fotos
20 Maio
João Paulo Marques de Araujo é agora um membro de Águas do Gandarela
20 Maio
Teca postou uma nota
9 Maio
Teca postou uma página
9 Maio
STELLA KWALE é agora um membro de Águas do Gandarela
9 Maio

Mensagens de blog

Calçamento e preservação do único trecho intacto da Estrada Real, já!

Calçamento da Estrada Real do trecho de Rio Acima a Itabirito, 
Amigas e…
Continuar

Postado por Sitiantes Rio Acima em 24 fevereiro 2015 às 16:23

Circuito Águas do Gandarela

Circuito Águas do Gandarela



O projeto “Circuito Águas do Gandarela: preservação, turismo, trabalho e renda” foi realizado pelo Movimento Artístico Cultural e Ambiental de Caeté (MACACA), que integra e contou com o…

Continuar

Postado por Pedro de Filippis em 26 março 2014 às 22:20

HORAÇÃO AMBIENTAL

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉUS

PRESERVADAS SEJAM NOSSAS MONTANHAS

NÃO LEVE DE NÓS O MEIO AMBIENTE

ASSIM DE MINAS GERAIS, COMO DO BRASIL.

O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ…

Continuar

Postado por CARLOS ALBERTO ANTUNES DO CARMO em 10 janeiro 2013 às 23:47 — 2 Comentários

S.O.S MONTANHA$ E ÁGUA$ DE MINA$ GERAI$

SE EU ME CALAR AS MONTANHAS GRITARÃO!!!!!!!!

SALVE O POVO DE MINAS!!!!!!!

300... ANOS DE HISTÓRIAS

MINAS É OURO, É TESOURO

MINAS É MONTANHA

É HISTÓRIA É MEMÓRIA

NO MEIO DA GENTE

PASSADO PRESENTE…

Continuar

Postado por CARLOS ALBERTO ANTUNES DO CARMO em 10 janeiro 2013 às 0:45 — 1 Comentário

A GANANCIA ESTA DESTRUINDO O BRASIL.

 SENHOR …

Continuar

Postado por Eula olimpio em 14 dezembro 2012 às 13:09

QUESTÃO POLÍTICA

O DNPM produziu o MAPA PREPARADO SOBRE OS AUSPÍCIOS DO PROGRAMA DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BRASIL-ESTADOS UNIDOS, de 1962 [Arquivo Público Mineiro - link para visualização <…

Continuar

Postado por José Bizzotto Ramos em 6 setembro 2012 às 10:11 — 2 Comentários

Vamos salvar o nosso planeta da ganância financeira

Olá Pessoal?!

Vamos salvar o nosso planeta da ganância financeira? O homem na ânsia do progresso esqueceu-se do verde, do respeito pela natureza, pelas gerações futuras e também pela sua própria sobrevivência. Será que num futuro bem…

Continuar

Postado por Rosilene de Lima Campolina em 23 junho 2012 às 17:45

Deixe o pouquinho que sobrou prá nós.

 

Deixo aqui o meu protesto pela desenfreada devastação que mineradoras estão fazendo na região de Acurui, municipio de Itabirito MG. A agressão covarde e desenfreada já passou dos limites.

Deixem o pouquinho que sobrou prá…

Continuar

Postado por Aurelio Carlos Sena e Silva em 29 maio 2012 às 12:34

Grupos

Águas do Gandarela é uma rede social

© 2015   Criado por Augusto Barros.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço