Águas do Gandarela

Movimento em prol da criação do Parque Nacional das Águas do Gandarela

20 mil assinaturas


GOVERNADOR ANASTASIA RECEBE 20.000 ABAIXO-ASSINADOS

 

No dia 20 de dezembro, membros do Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela fizeram uma mobilização na Cidade Administrativa em Belo Horizonte e protocolaram um ofício ao Governador Augusto Anastasia, acompanhado de cópia de quase 20.000 assinaturas a favor da criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela.

Conheça o teor do documento: http://www.sendspace.com/file/fm3kfc


MARINA SILVA ASSINA MANIFESTO A FAVOR DO GANDARELA

Durante o encontro do Movimento Nova Política, realizado em Belo Horizonte no dia 17/12, a ex-senadora e ministra do Meio Ambiente, candidata a presidente em 2010, Marina Silva assinou o abaixo assinado pela Criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela. Outros nomes importantes da política brasileira, como o deputado federal Alfredo Sirkis fizeram o mesmo. Consideramos importante essa manifestação de apoio, pois Marina Silva é umas das principais vozes em defesa do meio ambiente no Brasil e no mundo, ativista ambiental durante toda sua vida.

Leia a noticia completa Aqui.


DEFESA DO GANDARELA RECEBE PRÊMIO GENTILEZA URBANA DO IAB/MG

 

O Instituto de Arquitetos do Brasil / Departamento de Minas Gerais concedeu ao Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela o Prêmio GENTILEZA URBANA IAB/2011, que tem como objetivo  estimular iniciativas que contribuam significativamente para a melhoria da qualidade de vida urbana, (re)criando a cidade mais amável, aprazível e humana. O evento de entrega foi no dia 15/12 e representaram o Movimento Gustavo, Saulo, Paulo Baptista, Helena Flávia e Zelda.


MINISTRA DE MEIO AMBIENTE RECEBE DOCUMENTAÇÃO SOBRE  GANDARELA

No dia 22/11 foi entregue um documento à Ministra de Estado de Meio Ambiente, Sra. Izabella Mônica Vieira Teixeira, durante sua participação em evento na FIEMG. Na saída ela fez questão de cumprimentar os representantes do movimento que estavam aguardando com faixas. No mesmo dia aconteceu uma mobilização durante o 10º Festival Lixo e Cidadania da qual participaram Bené, Salete, Helena Flávia, Mundico e Clausiney

Conheça o teor do documento: http://www.sendspace.com/file/26vi9g   e   http://www.sendspace.com/file/5co6ah


SEMAD CRIA GT PARA A PRESERVAÇÃO DA SERRA DO GANDARELA

 

No dia 8/11/2011, através da Resolução nº 1441, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD) criou um Grupo de Trabalho para “elaboração de  proposta de criação de Unidade de Conservação Federal para a conservação e proteção da Serra do Gandarela e definição de um Sistema de Áreas Protegidas para a área de sua abrangência”, composto de 15 representantes e coordenação SEMAD/ICMBio. O Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela foi convidado pelo Sr. Adriano Magalhães Chaves, Secretário de Estado, a indicar 3 entidades para fazer parte deste grupo. Após reunião do movimento, decidimos participar através do Instituto Guaicuy, Movimento Artístico, Cultural e Ambiental de Caeté (Macaca) e Instituto de Estudos Pró-Cidadania (Pró-Città) para não ficar fora de um processo de discussão sobre o Parque Nacional da Serra do Gandarela. Ainda mais que ficou claro desde o início - pela composição deste GT - sua relação com as pretensões da mineração na região do Gandarela (ver a Resolução na íntegra).  A primeira reunião aconteceu no dia 22/11/2011 e já foram realizadas mais quatro, a última no dia 20/12. Os representantes do Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela que participam das reuniões têm enfrentado situações complexas neste GT, que na realidade visa um acordo político entre o Governo do Estado de Minas Gerais e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para uma delimitação do Parque Nacional da Serra do Gandarela que atenda aos interesses da Vale e de outras empresas de mineração. Dada a gravidade e quantidade de informações sobre este assunto, sem dúvida será o tema do nosso primeiro Boletim de 2012. Consideramos fundamental compartilhar todos os detalhes do andamento dos trabalhos deste GT com todos aqueles que querem a Serra do Gandarela preservada.


Conheça o teor da Resolução 1441: http://www.sendspace.com/file/is0t29



SEMANA GANDARELA 


A Semana Gandarela – semana de eventos em apoio à criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela e à preservação das serras e mananciais de água da região Metropolitana de Belo Horizonte e de Minas Gerais - foi um sucesso.

Só foi possível devido aos inúmeros colaboradores e apoiadores que cederam seu trabalho, recursos, amor, dedicação e energia positiva em prol do Gandarela.

Profissionais muito competentes na área da comunicação foram o diferencial para a realização da Semana Gandarela e o fizeram de forma voluntária em prol desta importante causa.

Gustavo Gazzinelli, Danilo Siqueira, Alisson Corlaiti e Kátia Pessoa.

O apoio do SINDÁGUA/MG e da SUCUPIRA foi fundamental.  A todos eles o nosso muito obrigado!

Dia 16/11 – Quarta-feira

 

No Parque Municipal de Belo Horizonte, foi realizada a abertura oficial da Semana Gandarela na Praça de São Francisco, com uma Celebração Ecumênica precedido por jogos pedagógicos, contação de histórias exposição de banners.

Agradecimentos:  

Parque Municipal de Belo Horizonte, Homero Brasil (Diretor), Giovana Carvalho (Diretora de Eventos), Pe. Marcos Antonio Gomes, Ricardo Malta, Mário Boaventura, Projeto TEIA (Educação Socioambiental e Turismo), Luciana Priscila e sua equipe, Thelma, Helena Flávia, Teca, Paulo Rodrigues e Maurílio.

A Exposição Gandarela Itinerante, no ônibus do Projeto Manuelzão que ficou diante do Colégio Estadual José Brandão em Caeté, foi visitada durante o dia todo por aproximadamente 400 pessoas, a maioria alunos e professores. 

Foi composta de informações relacionadas com a situação da água (bacia hidrográfica, poluição, carência de água potável), tudo através de imagens e/ou material concreto-pedagógico, e da Mostra "Serra do Gandarela: Paisagens e Biodiversidade" do Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG), associadas a informações sobre o valor ambiental e hídrico do Gandarela e a importância da criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela.

Agradecimentos:

Projeto Manuelzão, Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG, Flávia Santos Faria, Saulo, Movimento Artístico, Cultural e Ambiental de Caeté (Macaca), Alice, Ademir, Wanderlei e Ana Flávia.

 

Agradecimentos:

Projeto Manuelzão, Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG, Flávia Santos Faria, Saulo, Movimento Artístico, Cultural e Ambiental de Caeté (Macaca), Alice, Ademir, Wanderlei e Ana Flávia.

 

Dia 17/11 – Quinta-feira


O Debate: Conflitos com a Mineração e o Desenvolvimento Insustentável de Minas Gerais, realizado na Faculdade de Arquitetura da UFMG, contou com a presença de 60 pessoas, entre representantes de movimentos sociais e ambientais que enfrentam a mineração, palestrantes, alunos e outras pessoas interessadas. Estiveram presentes também o Sr. Flávio Carsalade (Diretor da Faculdade de Arquitetura da UFMG, que gentil e prontamente cedeu o espaço), o Vereador Leonardo Mattos e o Ouvidor Ambiental do Estado de Minas Gerais, Eduardo Machado Tavares de Farias. Os temas do painel foram “Mapa dos Conflitos com a Mineração em Minas Gerais” e “Geossistema do Quadrilátero Ferrífero e seus Recursos Hídricos”. As vivências de enfrentamento à mineração devido aos seus impactos foram compartilhadas por alguns dos presentes e ficou clara a crescente preocupação com o atual modelo e as inúmeras práticas do inaceitável papel do Estado de legitimador da atividade de mineração acima de qualquer direito coletivo. 

Agradecimentos: Prof. Flávio Carsalade (Diretor da Faculdade de Arquitetura da UFMG), Prof. André Salgado (IGC/UFMG), Prof. Flávio do Carmo (ICB/UFMG), Luana Dias Motta, GESTA (UFMG), NINJA (UFSJ), Sérgio Vilaça, Gustavo, Maurilio Nogueira, Jeanine e Teca.

Veja mais fotos do debate aqui.

Exposição Gandarela no hall de entrada da Faculdade de Arquitetura da UFMG, montada a partir da Mostra "Serra do Gandarela: Paisagens e Biodiversidade", organizada no início de 2011 no Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG pela bióloga Flávia Santos Faria.

Agradecimentos:  Paulo Fiote, Flávia Santos Faria, Alice Okawara, Robson de Oliveira, Paulo Baptista, Marcelo Andrê, Marília Bergamo, Saulo, Gustavo e Teca.

 

Em Rio Acima, o Tela em Trânsito contou com a presença de aproximadamente 170 pessoas na praça, que assistiram vários documentários com direito a pipoca e tudo.

 

Agradecimentos:  Nélio Costa, Jordana e Secretária Municipal de Cultura e Turismo de Rio Acima, Centro de Referência e Apoio ao Turista (Crat), Norma (mesmo grávida de 8 meses foi incansável para o sucesso deste evento), Zelda e Raul.

 

Dia 18/11 – Sexta-feira

 

O coletivo de arte "Fluxuscetina" de Belo Horizonte, faz intervenções nas ruas da capital, chamando a atenção para a exploração descontrolada de minério em Minas Gerais e para a causa da criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela. Foram usadas amostras de minério, ou melhor, "Cangas", um tipo de rocha que recobre as montanhas de minério de ferro em Minas Gerais que, segundo os cientistas, são de extrema importância para a recarga hídrica. Depois da intervenção com o minério, eles percorreram ruas e avenidas da cidade, fazendo uma segunda intervenção, agora nas árvores cortadas. 

Agradecimentos:  SUCUPIRA, Danilo Siqueira, Raphael Prota e Bruno Freire

Dia 19/11 – Sábado

 

O Grupo Armatrux apresentou o espetáculo “Parangolé”, no Parque Municipal em Belo Horizonte, para alegria e deleite de todos aqueles que curtiram muito este delicioso espetáculo que conta a história de dois palhaços que percorrem o país de bicicleta vendendo um produto de limpeza e vivenciam problemas com o uso incorreto da energia. 


Agradecimentos:  Grupo Armatrux, Ricardo Macedo (Rico), Fafá Renno e Jana Morse (Palhaças), Andre Bara (técnico de som), Anderson Guerra (Baiano), Banana Veloz (transporte dos equipamentos),  Claudio, Parque Municipal de Belo Horizonte, Homero Brasil (Diretor), Giovana Carvalho (Diretora de Eventos). 

Dia 20/11 - Domingo

 

O encerramento da Semana aconteceu em Rio Acima, com o Abraço à Serra do Gandarela. Antes da subida todos se concentraram na Pracinha da Estação Ferroviária, onde assistiram uma alegre e animada apresentação do Palhaço Popó e o ritmo do Grupo de Percussão Infanto Juvenil da ACRA .


Agradecimentos: Palhaço Popó (Paulo Sérgio), Gi (esposa de Paulo Sérgio), Coral Infanto Juvenil da ACRA, Centro de Referência e Apoio ao Turista (Crat), Zelda, Norma e Paulo Baptista.

Em um dos mirantes da Serra do Gandarela, apesar do tempo fechado, os participantes deram um abraço simbólico à Serra do Gandarela, permeado de poesia, depoimentos e momentos místicos em prol do Parque Nacional da Serra do Gandarela.


Raposos

 Os eventos programados para Raposos (Tela em Trânsito e Expedição ao Ribeirão da Prata) tiveram que ser cancelados devido à chuva, mas a sua organização contou com o apoio de Nélio Costa, Flávia, Júlia, Jorge, Clausiney, Mundico, Paturé, Sebastiana, Nilis Taiza (filha da Flávia), Secretaria Municipal de Educação, Sr José Branco (espaço para o Tela em Trânsito), Solange, Bárbara, Bené, Saulo, Paulo Rodrigues e Salete. A eles os nossos agradecimentos.


CONHEÇA O PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA QUE QUEREMOS

         Localização                                        Atrativos Turísticos


Leia AQUI o proposta do ICMBio-MMA de setembro de 2010 a qual o Movimento pela Preservação da Serra do Gandarela apoia.

DESEJAMOS A TODOS VOCÊS UM ANO 2012 REPLETO DE PAZ E BEM.

QUE O PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA SE TORNE REALIDADE!


email: movimentogandarela@gmail.com

© 2014   Criado por Augusto Barros.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço